sexta-feira, dezembro 13, 2013

feliz - edição 2013


Este é o u post mais visto de todos os tempos! 605 visualizações desde que foi emitido. A sua principal visualização deriva de pesquisa no google com a expressão "o que me faz feliz". Isso mesmo, muitos procuram fontes de inspiração online para a felicidade! Estará certo! Devemos buscá-la em todos os cantos e recantos, fora e, principalmente, dentro de nós. Onde estamos e nos caminhos que fazemos para chegar onde queremos. 
E porque os tempos são de busca, mantenho a sua edição, mantendo tudo aquilo que continua a trazer-me felicidade e acrescentando aquilo que a vida me vem dando nos entre-tantos.


Naquele dia dei por mim a perguntar: "O que me faz feliz?"

  • A paisagem nocturna que tenho das minhas varandas;
  • As cambalhotas do Dinis e do Tobias quando chego a casa;
  • Comer os peixes que o meu pai pesca;
  • Conversar com a minha mãe (em criança gostava de estar deitada no sofá, com a cabeça deitada nas suas pernas);
  • Abraçar a Sandrita;
  • Estar nos Açores e noutros lugares do mundo!
  • A minha irmã (toma!)
  • Outros felizes
  • Rir
  • Dançar
  • Sonhar
  • Viajar
  • Esquiar
  • Aprender
  • Dormir e Acordar
  • Agradecer e solicitar
  • Estar com Martim e com o Gil!
  • Trabalhar
  • Tai Chi e Chi Qong
  • Yoga
  • Respirar
  • Ouvir os meus programas de rádio, audiobooks e afins
  • Apanhar sol
  • Longas caminhadas (mais do que 2h)
  • As minhas plantas
  • Aquela companhia especial
  • Tricotar
  • Escrever
  • Dar...e ... Receber
  • Voltar aqui e acrescentar mais pontos a esta lista
  • ...

elefantes voadores

Era como se um par de elefantes tivesse pousado nas asas das borboletas que habitam o estômago e tivessem saído, em manada, por todo o sistema circulatório!

sábado, dezembro 07, 2013

noutro lugar

nada hoje vai parecer tão empolgante
nada amanhã vai ser reconfortante
depois, só depois me recomponho
e volto a libertar o sonho




sexta-feira, novembro 22, 2013

Experiência em escrita criativa #1

"Tudo o que você é entra na sua escrita."
Richard Zimler

"A poesia desenvolve a capacidade de perceber o que é pequeno: a palavra!"
Richard Zimler

sábado, outubro 12, 2013

Apuros existenciais

Em apuro existencial.
Incomoda mas não preocupa. 
Sei que passa.
Descobri-lhe utilidade.
Ainda sem solução para este. Ainda a moê-lo.
Com algumas ideias, alguns planos mas que não me dissipam agora o instante.
Mais uns momentos de inquietude, acompanhados de turbilhão de ideias e o plano chegará, as acções já sei que são para concretizar, as experiências para viver e as aprendizagens a ter.
Lá avançarei com o entusiasmo que o caminho nos dá, crente que me safei de mais um.

Até ao próximo. 

domingo, agosto 18, 2013

A inspiração (quase) na ponta do dedo!


É quase como uma palavra que se esconde debaixo da língua. A inspiração para escrever está aqui, debaixo da ponta dos dedos. Ainda assim, não sai, não flui. Mas eu vou encontrá-la!

quarta-feira, junho 05, 2013

domingo, abril 14, 2013

Saudade

Saudade é uma coisa que trazemos connosco. Uma palavra que nos dias maus nos faz querer voltar, mas que nos dias bons, porque nela se guarda confiança, nos ajuda a recordar o que nos levou a partir.

por Nuno Andrade Ferreira • 10/04/2013 P3

sábado, março 09, 2013

Um minuto de silêncio, por Marina Abramovic & Ulay

"Nos anos 70, Marina Abramovic viveu uma intensa história de amor com Ulay. Durante 5 anos viveram num furgão realizando todo tipo de performances. Quando sentiram que a relação já não valia aos dois, decidiram percorrer a Grande Muralha daChina; cada um começou a caminhar de um lado, para se encontrarem no meio, dar um último grande abraço um no outro, e nunca mais se ver.

23 anos depois, em 2010, quando Marina já era uma artista consagrada, o MoMa de Nova Iorque dedicou uma retrospectiva a sua obra. Nessa retrospectiva, Marina compartilhava um minuto de silêncio com cada estranho que sentasse a sua frente. Ulay chegou sem que ela soubesse e... Foi assim."

Traduzido por Rodrigo Robleño