sábado, dezembro 18, 2010

O negócio da solidariedade

É Natal! Adoro o Natal! Adoro o crescente espírito ,que emerge em muitas pessoas, de amor pelo próximo, de partilha entre familiares e amigos,.Adoro a pureza de sentimentos que cada um coloca na compra dos presentes.
Nesta época somos também muito solicitados a comprar presentes solidários: são os cachecois solidários, os métodos de arredondamento para fazer crianças felizes, as bonecas rechonchudas que ajudam a adquirir material para instituições públicas... enfim, não faltam os exemplos que chegam até nós através de uma publicidade mais ou menos agressviva. Apelam de tal forma que tenho a certeza que, muitos de nós, sentimos até "ser pessoas menos boas" se não contribuirmos. Certo até determinada medida. 
Vejamos: em cada compra solidário que fazemos contribuímos com o respectivo IVA para o Estado que nos (des)governa. Bom, até neste ponto, nos tempos que correm, estaremos com toda a certeza a exercer um elevado acto de solidadiredade. Mas há mais. Sim! Em cada compra, quem vende tem o seu lucro e ainda "fica bonito na fotografia "ao enviar algum do seu lucro para actividades de solidariedade social. Melhor negócio quando revisto os impostos estas acções revertem a favor de quem praticou tão digno acto: entenda-se a grande cadeia comercial e não o comum consumidor que, como  seu coração solidário, contribui para uma grande rede do negócio da solidariedade.
Permitam-me acrescentar que sou completamente a favor da solidariedade, promotora da mesma e praticamnte também. Permitam-me sugerir: sejam directamente soidários com as instituições. Peçam recibo e revertem a favor dos vossos impostos também. Sem intermidiários neste negócio do bem fazer!

domingo, dezembro 12, 2010

Exemplos que servem

Eu que me inspiro nos exemplos dos outros para ultrapassar desafios, o mais que posso é desejar é que os meus passos, os meus erros, os meus actos sirvam também! Que eles sirvam de exemplo a quem me rodeia, que sirvam de protecção, de aprendizagem através de mim.

terça-feira, dezembro 07, 2010

Reflexão

To choose doubt as a philosophy of life is akin to choosing immobility as a means of transportation
Yann Martel (Life of Pi)

domingo, novembro 28, 2010

Humm...fiquei intrigada!...

Somos humanos à procura da espiritualidade ou seres espirituais a viver uma experiência humana?! 

Filosófico, hein?! Vamos vivendo à procura da resposta!

segunda-feira, novembro 22, 2010

Please answer!!

What if no one is misbehaving including you?!

                                                                             Alison Armstrong

sábado, novembro 20, 2010

O valor das coisas...

"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram,
mas na intensidade com que acontecem
Por isso existem momentos inesquecíveis,
coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis"

Fernando Pessoa

segunda-feira, novembro 15, 2010

Felicidade Interna Bruta - FIB

Ainda a propósito da crise nacional, mundial, planetária, galáctica... enfim, finalmente começa vir a público um conjunto de preocupações relacionadas com a felicidade do ser humano.
Haja crise!!

O governo inglês pondera incluir nas suas variáveis demográficas a medição da FIB



quarta-feira, novembro 03, 2010

Ser Feliz - o lado positivo da "Crise"

Dizem os peritos em matéria de filosofia que tudo é dual, tudo tem duas (ou até às vezes mais!) visões: uma que pode ser negativa e, porque sou das que deixam o melhor para o fim (!), outra seguramente positiva.

Acredito que nos últimos dias, milhares de portugueses se questionam o que de positivo encontrar neste momento de "Crise". Tenho a certeza que, se cada um de nós procurar bem, todos os dias encontraremos pontos positivos, de celebração e agradecimento.

Entre esses pontos, destaco para o dia de hoje: 

  • O sol outonal - esteve bonito, agora que as a´árvores já estão no seu tom amarelo, laranja, vermelho
  • Saber que a D. Idalina está satisfeita com as refeições da Cruz Vermelha, tem mais força para usar o seu andarilho, aprecia os pozinhos que acrescenta à sopa e até está com menos náuseas
  • Apesar do cansaço permiti-me apreciar mais aula de Pilates
  • Comprei 2 peças de roupa nova - o que também significa que vou oferecer duas peças de roupa menos usada a alguém!
  • Jantei a ver este programa, que sugiro a todos. Basta clicar no link

domingo, outubro 24, 2010

Um homem Inteligente Falando das Mulheres

O desrespeito à natureza tem afectado a sobrevivência de vários seres e entre os mais ameaçados está a fêmea da espécie humana.
Tenho apenas um exemplar em casa,que mantenho com muito zelo e dedicação, mas na verdade acredito que é ela quem me mantém. Portanto, por uma questão de auto-sobrevivência, lanço a campanha 'Salvem as Mulheres!'
Tomem aqui os meus poucos conhecimentos em fisiologia da feminilidade a fim de que preservemos os raros e preciosos exemplares que ainda restam:

Habitat
Mulher não pode ser mantida em cativeiro. Se for engaiolada, fugirá ou morrerá por dentro. Não há corrente que as prenda e as que se submetem à jaula perdem o seu DNA. Você jamais terá a posse de uma mulher, o que vai prendê-la a você é uma linha frágil que precisa ser reforçada diariamente.

Alimentação correta
Ninguém vive de vento. Mulher vive de carinho. Dê-lhe em abundância. É coisa de homem, sim, e se ela não receber de você vai pegar de outro. Beijos matinais e um 'eu te amo' no café da manhã as mantém viçosas e perfumadas durante todo o dia. Um abraço diário é como a água para as samambaias. Não a deixe desidratar. Pelo menos uma vez por mês é necessário, senão obrigatório, servir um prato especial.

Flores
Também fazem parte de seu cardápio - mulher que não recebe flores murcha rapidamente e adquire traços masculinos como rispidez e brutalidade.

Respeite a natureza
Você não suporta TPM? Case-se com um homem. Mulheres menstruam, choram por nada, gostam de falar do próprio dia, discutir a relação? Se quiser viver com uma mulher, prepare-se para isso.

Não tolha a sua vaidade
É da mulher hidratar as mechas, pintar as unhas, passar batom, gastar o dia inteiro no salão de beleza, coleccionar brincos, comprar muitos sapatos, ficar horas escolhendo roupas no shopping. Entenda tudo isso e apoie.

Cérebro feminino não é um mito
Por insegurança, a maioria dos homens prefere não acreditar na existência do cérebro feminino. Por isso, procuram aquelas que fingem não possuí-lo (e algumas realmente o aposentaram!). Então, aguente mais essa: mulher sem cérebro não é mulher, mas um mero objecto de decoração. Se você se cansou de coleccionar bibelôs, tente se relacionar com uma mulher. Algumas vão lhe mostrar que têm mais massa cinzenta do que você. Não fuja dessas, aprenda com elas e cresça. E não se preocupe, ao contrário do que ocorre com os homens, a inteligência não funciona como repelente para as mulheres.

Não faça sombra sobre ela
Se você quiser ser um grande homem tenha uma mulher ao seu lado, nunca atrás. Assim, quando ela brilhar, você vai pegar um bronzeado. Porém, se ela estiver atrás, você vai levar um pé-na-bunda.

Aceite: mulheres também têm luz própria e não dependem de nós para brilhar. O homem sábio alimenta os potenciais da parceira e os utiliza para motivar os próprios. Ele sabe que, preservando e cultivando a mulher, ele estará salvando a si mesmo.

É, meu amigo, se você acha que mulher é caro demais, vire gay.
Só tem mulher quem pode! 


Luiz Fernando Veríssimo.

sábado, outubro 23, 2010

The physics of the quest

‎"...I've come to believe that there exists in the universe something I call "The Physics of The Quest"- a force of nature governed by laws as real as the laws gravity or momentum. And the rule of Quest Physics maybe goes like this: "If you are brave enough to leave behind everything familiar and comforting(which can be anything from your house to your bitter old resentments)and set out on a truth-seeking journey(either externally or
internally),and if you are truly willing to regard everything that happens to you on that journey as a clue, and if you accept everyone you
meet along the way as a teacher, and if you are prepared - most of all -to face (and forgive) some very difficult realities about yourself....then truth will not be withheld from you." Or so I've come to believe."

segunda-feira, outubro 11, 2010

Mensagens através dos Filmes - The Wizard of Oz

Uma menina que perde o sentido para casa, um espantalho sem cabeça, um boneco de lata sem coração, um leão sem coragem... todos procuram obter o que desejam através do sábio feiticeiro de OZ. Eis que encontram um simples homem que lhes oferece tudo o que desejam ou talvez não! Porque a verdade é que todos já possuem o que procuram... a casa nunca saiu do seu caminho, saber usar a mente é um poder que todos temos, ouvir a voz do coração é aptidão até para os mais surdos e a coragem está em todos nós para nos levar para a frente. Um filme para crianças que serve muitos adultos!
Eu adorei rever!                             

sexta-feira, outubro 01, 2010

Smile with your liver


Why they always look so serious in yoga? You make serious face like this, you scare away good energy. To meditate, only you must smile. Smile with face, smile with mind, and good energy will come to you and clear away dirty energy. Even smile in your liver.

Ketuk Lier in Eat Pray Love by Liz Gilbert



domingo, setembro 19, 2010

Sol na casa 11 e um fim de semana junto dos amigos queridos

Gosto! Gosto mesmo de brincar ao que é que a vida oferece!
Ok, nem sempre gosto, mas ando a aprender a aceitar quando os presentes não vão de encontro aquilo que julgávamos ser o sonho. Mas adiante, porque a oferenda deste fim de semana foi mesmo ao meu jeitinho!
Um pouco de tudo o que é bom:

- a começar por um aniversário familiar;
- um pouco de trabalho - bom mesmo quando o fim de semana é para viver, mas ajuda no equilíbrio das responsabilidades!
- muita e boa amizade, pintalgada de criançada!!!!

E é aqui, neste último ponto, que a lotaria das coincidências nos permite tirar curiosas conclusões! Sol na casa astrológica n.º 11 é a iluminação das amizades. Isto para não entrar no detalhe da lua estar nas casa 4, aquela que associa o bem estar aos queridos amigos!!!... E eis este fim de semana e as pessoas que comigo se cruzaram!!!

terça-feira, agosto 31, 2010

45 Lições, por Regina Brett - 90 anos!

Recebi de uma amiga e bloguei!

Para celebrar o envelhecer, uma vez eu escrevi 45 lições que a vida me ensinou. É a coluna mais requisitada que eu já escrevi. O meu taxímetro chegou aos 90 em Agosto, então aqui está a coluna mais uma vez:

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.
2. Quando estiveres em dúvida, apenas dá o próximo pequeno passo.
3. A vida é muito curta para perdermos tempo a odiar alguém.
4. O teu trabalho não vai cuidar de ti quando adoeceres. Os teus pais e
amigos vão. Mantém o contacto.
5. Paga as tuas facturas do cartão de crédito todos os meses.
6. Tu não tens que vencer todos os argumentos. Concorda para discordar.
7. Chora com alguém. É mais curativo do que chorar sozinho.
8. Está tudo bem se ficares danado com Deus. Ele aguenta.
9. Poupa para a reforma começando com o teu primeiro salário.
10. Quando se trata de chocolate, a resistência é em vão.
11. Sela a paz com o teu passado para que ele não estrague o teu presente.
12. Está tudo bem se os teus filhos te vêem chorar.
13. Não compares a tua vida com a dos outros. Tu não tens ideia do que se
passa na vida deles.
14. Se um relacionamento tem que ser um segredo, tu não deverias estar
nele.
15. Tudo pode mudar num piscar de olhos; mas não te preocupes, Deus nunca
pisca.
16. Respira bem fundo. Isso acalma a mente.
17. Desfaz-te de tudo o que não é útil, bonito e prazenteiro.
18. O que não te mata, realmente torna-te mais forte.
19. Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz. Mas a segunda só
depende de ti e de mais ninguém.
20. Quando se trata de ir atrás do que tu amas na vida, não aceites NÃO
como resposta.
21. Acende velas, coloca lençóis bonitos, usa lingerie elegante. Não
guardes para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Prepara-te bastante, depois deixa-te levar pela maré...
23. Sê excêntrico agora, não esperes ficar velho para usar roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém é responsável pela tua felicidade além de ti.
26. Encara cada "chamado desastre" com estas palavras: Em cinco anos, vai
importar?
27. Escolhe sempre a vida.
28. Perdoa tudo a todos.
29. O que as outras pessoas pensam de ti não é da tua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dá tempo ao tempo.
31. Independentemente se a situação é boa ou má, irá mudar.
32. Não te leves tão a sério. Ninguém mais leva...
33. Acredita em milagres.
34. Deus Ama-te por causa de quem Deus é, não pelo o que tu fizeste ou
deixaste de fazer.
35. Não faças auditorias da tua vida. Aparece e faz o melhor dela agora.
36. Envelhecer é melhor do que a alternativa: morrer jovem.
37. Os teus filhos só têm uma infância.
38. Tudo o que realmente importa no final é que tu amaste.
39. Vai para a rua o dia todo. Milagres estão à espera em todos os lugares.
40. Se todos jogássemos os nossos problemas numa pilha e víssemos os dos
outros, pegaríamos os nossos de volta.
41. Inveja é perda de tempo. Tu já tens tudo o que precisas.
42. O melhor está para vir.
43. Não importa como tu te sintas, levanta-te, veste-te e aparece.
44. Produz.
45. A vida não vem embrulhada num laço, mas ainda é um presente!!!

Afinal esta não é a minha direcção

Às vezes acontece assim mesmo: achamos que o caminho certo é um mas as circunstâncias acabam por nos mostrar que, afinal, essa não era a direcção certa. Chegar a Santiago de Compostela, de momento, não é o meu caminho.
A ver! Ainda não sei muito bem onde rumar, mas certo é que não estou em momento de ficar parada. Como diz o Rui, amigo açoriano, nas suas palavras de incentivo na descida da montanha do Pico: "Vamos" Prá frente é que é caminho!"

terça-feira, agosto 24, 2010

Caminho Novo


Quase sempre é assim, ao virar de cada esquina lá está um Caminho Novo! Aparecem novas paisagens, novos desafios e obstáculos a ultrapassar, novas situações para apreciar.
Cada Caminho Novo é um delicioso momento especial, cheio de anseios, dúvidas sobre as nossas capacidades e aplicabilidade das aptidões adquiridas nos caminhos anteriores, surpresas boas que nem imaginávamos que poderiam acontecer - assim são as surpresas, pois então!
Este Caminho Novo no qual dou os primeiros passos coincide com um dos momentos mais indescritíveis da vida, ou a própria vida ou o nascimento de mais recente rebento na família ou um novo estatuto que este rebento me atribui - ser Tia. Assim mesmo, com letra maiúscula e tudo. Ah! E mais, Madrinha de coração e alma, como ilustram as nossas fotos a dois! Eis a primeira bela surpresa deste caminho novo, como que a ilustrar uma mascote abençoada!
Mas voltando ao Caminho Novo, o meu Caminho Novo deixa-me hoje com uma boa sensação de ansiedade de saber o que está lá mais à frente. Consciente que o caminho se faz caminhando abraço com todo o meu ser a minha próxima experiência: Os Caminhos de Santiago!
Sou ou não uma sortuda?! Empurrada para um Caminho Novo, tenho logo uma mascote a acompanhar-me e um simbólico caminho para percorrer e tanto mais que desejo fazer!
Acompanhem-me nesta caminhada!

domingo, agosto 15, 2010

Partilha de aprendizagem

Aprendi hoje, e resolvi partilhar, uma técnica curiosa para espantar pensamentos menos interessantes que nos invadem o "quinto andar".

Quando nos sentimos tristes, cansados, vulneráveis, enfim... num nível energético mais baixo, é comum surgirem pensamentos com uma carga mais negativa e que podem mesmo traduzir-se na prática de um comportamento menos positivo também. Exemplos podem ser tais como atacar a lata das bolachas, enfiarmos-nos em casa, procurar a solidão (por vezes necessário, desde que não passe o ponto q.b.), ou outros que podem traduzir-se em prejuízos pessoais ainda maiores, como beber ou consumir outras substâncias menos lícitas.

A sugestão para espantar tais pensamentos é enviá-los para o "ar". Tal como surgem, deixá-los ir igualmente ir" à sua vidinha". Fácil, não é?! Tão fácil que parece ingénuo, impraticável, sem sucesso. Mas experimentemos! Da próxima, em vez de nos permitirmos ficar agarrados a um pensamento menos positivo, deixemo-lo ir, esvair-se no etéreo!

Para mim, para se tornar mais fácil, à medida que ouvia estas sugestõe,s através de um programa de rádio, ia imaginando um conjunto de balões coloridos. Cada pensameno, um balão colorido que se perde na atmosfera e vai!

quinta-feira, agosto 05, 2010

Beijar cotovelos

Não conseguimos beijar ou lamber os nossos próprios cotovelos! Alguém tem de o fazer por nós! Mas, oh, a boa notícia é que podemos beijar os cotovelos dos outros!...

terça-feira, agosto 03, 2010

Histórias inspiradoras

I recently overheard a Father and daughter in their
last moments together at the airport. They
had announced the departure.

Standing near the security gate, they hugged and the Father said, 'I love you, and I wish you enough.'

The daughter replied, 'Dad, our life together
has been more than enough. Your love is
all I ever needed. I wish you enough, too,
Dad.'


They kissed and the daughter left. The
Father walked over to the window where I
was seated. Standing there I could see he wanted and needed to cry. I tried not to intrude on his privacy, but he welcomed me in by asking, 'Did you ever say good-bye to someone knowing it would be forever?'

'Yes, I have,' I replied. 'Forgive me for asking, but why is this a for ever good-bye?'.

'I am old, and she lives so far away. I have challenges ahead and the reality is - the next trip back will be for my funeral,' he said.

'When you were saying good-bye, I heard you say, 'I wish you enough.' May I ask what that means?'

He began to smile. 'That's a wish that has been handed down from other generations. My parents
used to say it to everyone..' He paused a moment and looked up as if trying to remember it in detail, and he smiled even more. 'When we said, 'I wish you enough,' we were wanting the other person to have a life filled with just enough good things
to sustain them.' Then turning toward me, he shared the following as if he were reciting it from memory.

I wish you enough sun to keep your attitude
bright no matter how gray the day may appear.


I wish you enough rain to appreciate the sun
even more.

I wish you enough happiness to keep your spirit alive and everlasting.

I wish you enough pain so that even the smallest of joys in life may appear bigger.

I wish you enough gain to satisfy your wanting.


I wish you enough loss to appreciate all that you possess.

I wish you enough hellos to get you through the final good- bye.


He then began to cry and walked away.

They say it takes a minute to find a special person, an hour to appreciate them, a day to love them; but then an entire life to forget them.

quinta-feira, julho 01, 2010

O piropo breijeiro

Já lá vão uns bons anos, 10 talvez (!), em que ouvi um piropo brejeiro que ficou para a história depois de o contar aos amigos:

-"Ricas coxinhas!" - ouvi eu enquanto caminhava num shopping da cidade.

Alguns anos depois ouço algo idêntico:

- "Oh boazona!"

Haja auto-estima! Creio que estou bem conservada!

terça-feira, junho 29, 2010

Prendeu-me a atenção esta letra...



Não sendo fã deste estilo musical, hoje, na minha aula de ginástica, não pude deixar de reparar nesta letra! Resolvi partilhá-la!

sexta-feira, junho 04, 2010

Primeiras férias do ano!!

Hoje vai ser um daqueles dias atarefados!! A azáfama de fazer malas misturada com a ânsia de viajar até Itália e Hungria!! Férias merecidas, estas!!

terça-feira, maio 11, 2010

Perguntaram-me:

Na sua experiência pessoal e profissional o que falta para o ser humano ser feliz?

Bom, nesta questão tentarei inicialmente separar a minha experiência pessoal da minha experiência profissional e, no final da minha resposta, procurarei cozinhar estes dois ingredientes juntos.

Pessoalmente, considero que todo o ser humano tem em si todo o potencial para viver momentos de felicidade. A questão é descobri-lo e manter-se em contacto com a nossa fonte de felicidade interior. Está em todos nós! Todos podemos (e devemos!) aproveitar diariamente os bons momentos de cada dia que vivemos. E, é verdade! Todos os dias vivemos momentos bons e felizes. No último ano iniciei um exercício no final do dia. Ao deitar-me registo 5 momentos felizes do meu dia. Encontro sempre e às vezes até ultrapasso os 5! Outros dias repito um bom momento para o saborear a dobrar de modo a que ele possa valer por mais! Bom, mas isto é um ponto de vista muito pessoal! Acredito que cada um deve descobrir o seu caminho para saborear momentos felizes em cada dia!!

Do ponto de vista profissional

E, desta forma, talvez consiga juntar os ingredientes dos meus pontos de vista pessoal e profissional num cozinhado que contribua para nutrir a felicidade do ser humano: uma boa dose do potencial de cada indivíduo, outra porção do momentos diários de felicidade e quilogramas de vontade para mudar na direcção do caminho que nos leva à concretização dos nossos objectivos. Mistura-se tudo, leva-se a lume brando diariamente, acrescentam-se sorrisos e sairá muita felicidade para cada um de nós! Bem-haja!

terça-feira, maio 04, 2010

Shiuuuuuuuu

Silêncio exterior para ouvir a voz interior.
Estarei das 9hs da manhã até as 9hs da noite, recebendo as pessoas que desejem ter um momento especial para o seu silêncio.
O convite é extensivo a todas as pessoas de qualquer idade, raça, nacionalidade e localidade geográfica.
Como vai funcionar?
Seleccionei algumas técnicas e vamos desfrutar delas ao longo do dia.
Você pode vir a hora que lhe for mais conveniente. Se já estivermos a fazer uma técnica, peço que aguarde um pouco para se integrar na próxima técnica.
se desejar vir de manhã e voltar no final do dia, venha!!! Quanto mais silêncio... melhor!
Estarei disponível a partir da 9hs e as pessoas não precisam confirmar a presença por email porque consegui um espaço bem grande e por isto não há limitação de nº de pessoas. Temos 300m2 para o nosso silencio.
peço apenas que tragam almofada ou manta para estar mais confortável.
A morada é na Rua Nova das Icas, 42 - r/c, é o mesmo prédio onde tenho o consultório, porém nesse dia ficaremos no R/C.
Farei uma breve pausa de 10min as 11.50hs outra pausa de 20min as 14.30hs, outra pausa de 10min as 17.15hs.
Usando o conceito do filme "favores em cadeia", informe e convide os seus familiares, os amigos, os colegas de trabalho, os vizinhos, as pessoas que precisam de uma "pausa".
Qualquer dúvida, escreva para este email.
Um abraceijo silencioso, Angela Escada

segunda-feira, abril 19, 2010

domingo, abril 18, 2010

A felicidade exige valentia


"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes mas, não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo, e posso evitar que ela vá à falência.


Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios,incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.

É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.

É saber falar de si mesmo. É ter coragem para
ouvir um "não". É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."

Fernando Pessoa

quinta-feira, abril 08, 2010

O Quase

Numa troca de palavras amigas recebi este presente!

Ainda pior que a convicção do não e a incerteza do talvez é a desilusão de um quase.
É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi.
Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem quase amou não amou.
Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas idéias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono.
Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou melhor não me pergunto, contesto. A resposta eu sei de cór, está estampada na distância e frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos "Bom dia", quase que sussurrados. Sobra covardia e falta coragem até pra ser feliz.
A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai.
Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são. Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza.
O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si.
Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance, para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência porém,preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer.
Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo.
De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance.
Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar.
Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.

Luís Fernando Veríssimo

segunda-feira, março 29, 2010

Domingo de Ramos


Pelo primeiro ano no papel de madrinha (ainda que em grau de estágio no momento!) recebi, babada, o meu primeiro "ramo" e ofereci ao pequeno afilhado o seu primeiro presente (quer dizer, primeiro da Páscoa, porque já houve outros primeiros - a primeira tesourinha, o primeiro pijamimnha, o primeiro bonequinho para dormir - e outros primeiros existirão até esta madrinha babada lhe dar as benções do nascimento!!!)

domingo, março 21, 2010

Emocionante

É a letra, o arranjo musical, a voz, tudo junto ou o facto de ter ouvido esta música após um grandioso momento vivido na passada segunda-feira (15 de Março,) que me arrepio sempre que ouço esta versão! Deixo a letra para acompanharem. Creio que o poema é da própria Amália Rodrigues.

Não sei, não sabe ninguém
porque canto fado, neste tom magoado
de dor e de pranto . . .
e neste momento, todo sofrimento
eu sinto que a alma cá dentro se acalma
nos versos que canto
foi deus, que deu luz aos olhos
perfumou as rosas, deu ouro ao sol e prata ao luar
ai, foi deus que me pôs no peito
um rosário de penas que vou desfiando e choro a cantar
e pôs as estrelas no céu
fez o espaço sem fim
deu luto as andorinhas
ai . . .deu-me esta voz a mim
Se canto, não sei porque canto
misto de ternura, saudade, ventura e talvez de amor
mas sei que cantando
sinto o mesmo quando, me vem um desgosto
e o pranto no rosto nos deixa melhor
foi deus, que deu voz ao vento
luz no firmamento
e pôs o azul nas ondas do mar
ai foi deus, que me pôs no peito
um rosário de penas que vou desfiando e choro a cantar
fez o poeta o rouxinol
pôs no campo o alecrim
deu flores à primavera ai
e deu-me esta voz a mim

domingo, março 14, 2010

Seres humanos que nos inspiram

Nelson Rolihlahla Mandela (Madiba para os sul-africanos)

Esteve preso durante 27 anos, sem nunca ter cometido um crime, em prol de uma causa. Na sua exígua sela encontrou num poema uma âncora, que usou como mantra nos momentos em que parecia dificil acreditar no dia seguinte. Uniu um país, ganhou um nobel, entre outros 250 prémios.

Out of the night that covers me,
Black as the pit from pole to pole,
I thank whatever gods may be
For my unconquerable soul.

In the fell clutch of circumstance
I have not winced nor cried aloud.
Under the bludgeonings of chance
My head is bloody, but unbowed.

Beyond this place of wrath and tears
Looms but the Horror of the shade,
And yet the menace of the years
Finds and shall find me unafraid.

It matters not how strait the gate,
How charged with punishments the scroll,
I am the master of my fate:
I am the captain of my soul.

William Ernest Henley (1849–1903)


segunda-feira, março 08, 2010

Mulher (em definição)

Mulher-Poesia
que deixa no meu corpo bocados de poema

Mulher-Criança
que desce à minha infância
e me traz adulta

Mulher-Inteira
repartida no meu ser

Mulher-Absoluta
Fonte da minha origem

Manuela Amaral
Amor no feminino, Fora do Texto, 1997 - Coimbra, Portugal

Homenagem às GRANDES MULHERES da MINHA VIDA

Mamã
Tita
Avó "Linda", Avó "dos Lindos"
Neninha
Madrinha
Tia Margarida
BB
Avó Mila, Avó Heloísa
Ângela Escada
Educadora Fátima
Professora Fernanda
Dulce
Sarota, Noa
Mafalda
Cláudia, Cármen
Marta, Bárbara, Sara
Susaninha
La Salete
Sandrinha
Teresa
...................





segunda-feira, fevereiro 22, 2010

Para cantar quando temos de espantar!!!

A Natureza, o Homem e a Solidariedade

Esta pode ser mais uma daquelas histórias em que não sabemos bem por onde começar: se pelo erro humano, se pela força da Natureza, que trava o erro humano e traz às acções humanas verdadeiras manifestações de solidariedade. Natureza essa a do próprio Humano, que não se vê manifestada a cada desflorestação, mas que sobressai após momentos como os vividos nos últimos dias na ilha da Madeira.
Que a força da solidariedade Humana ajude a trazer o brilho a todos os habitantes da ilha, que este se manifeste nas flores que a caracterizam e permita o atenuar da dor daqueles que tanto perderam com a intempérie.

domingo, janeiro 31, 2010

Parabéns Sra. Professora!

Vinte e muito anos depois ainda me lembro que a 31 de Janeiro é o dia de aniversário da professora primária Fernanda Carvalho. Entre várias, a boa memória da professora é uma das que guardo de infância.
PARABÉNS!!

domingo, janeiro 17, 2010

Fim de semana musical!

O relaxamento de sexta-feira com a vibração das taças tibetanas

A desconstrução da bossa-nova com xilofones! Nunca imaginado! Fantástico!


Ainda fui tentar ouvir o choro da prima mais nova e pequenina, mas a princesa ofereceu-me um silêncio angelical!