quinta-feira, janeiro 11, 2007

Trovoada emocional


Estava a pensar...

... assim como nas trovoadas o raio chega primeiro do que o trovão - porque a velocidade da luz é superior à do som - por vezes o raciocínio é mais rápido do que a inteligência emocial. Já se sabe como mas ainda não se actua como tal!

Entretanto li um doce comentário colocado nesta brecha, a propósito do post anterior, e não resisti a colá-lo aqui:

"There is a vitality, a life force, an energy, a quickening, that is translated through you into action, and because there is only one of you in all time, this expression is unique. And if you block it, it will never exist through any other medium and will be lost."
Martha Graham, bailarina e coreógrafa, 1894-1991

2 comentários:

M.C. disse...

Raciocínio mais rápido do que inteligência emocional?
Quando tal acontece (e só acontece porque eu "deixo"), eu sou tão só e apenas a responsável máxima pelo que daí advem...
Infelicidade
Tristeza
Frustração
Medo
"Se eu tenho a capacidade de perceber e exprimir a emoção, assimilá-la ao pensamento, compreender e raciocinar com ela, então eu estou em sincronia com o que sinto, penso e comunico"...
Ai, ai, ai...
Às vezes esqueço-me de ouvir a minha Essência!!!
Às vezes sinto-me tão condicionada pelo Meio!!!
Às vezes nego-me a a liberdade de SER!!!
Sinto-me mais feliz por isso? Creio que não...
Devo é usufruir de todos os momentos que me proporcionam bem-estar!!!!!!!

Desambientado disse...

Tenho dúvidas se assim será. Por vezes a emoção domina, perante todos os factos lógicos e é necessário fazer um grande esforço para os tornar inteligíveis. Posso também estar a interpretar mal, pois inteligência emocional é um conceito ambíguo.

Beijinhos