segunda-feira, novembro 09, 2015

Se escrevesse o que sinto...

...relatava um dia passado num parque de diversões, onde montanhas russas de emoções transformam o estômago em balão de ar, rodas gigantes permitem a cabeça viajar devagar nos sonhos desejados, as casas dos espelhos trazem gargalhadas à boca, a aventura faz o coração alternar entre o palpitar e o serenar.
Se eu soubesse escrever o que sinto não queria parar jamais de escrever, de sentir.

1 comentário:

Teresa Afonso disse...

Tão lindo!!