terça-feira, maio 01, 2007

Como um bailado

Bailarina, 1925

3 comentários:

Caucau disse...

Deixa-te bailar e embalar e usufruir desses sorrisos! Deixa brilhar o girassol!
Bjs

Gustavo disse...

É impressionante como Miró consegue transparecer tanto equilíbrio e movimento somente com formas tão simples.
Olhando a pintura te vejo em suas formas, a dançar a vida com imensa leveza e movimento... Beijos…

Sofia disse...

Eu aquilo que consigo ver neste quadro é o equilibrio do amor, a estabilidade. E também a sua fragilidade, já viste que fio tão frágil o segura?

bjs prima